Enviar texto'Viagem ao fundo do mar' para um amigo

Enviar o texto ('Viagem ao fundo do mar') para um amigo

* Campo Obrigatório






Separe com vírgula. Máximo de 5 e-mails.



Separe com vírgula. Máximo de 5 e-mails.


Verificação de E-mail por Imagem

Carregando ... Carregando ...

23 Comentários

  1. RUI MONTEIRO SOARES |

    Oi Mariana,

    Não sabia de suas aventuras submarinas, porém estou encantado de sabê-las, já que mergulho há muito tempo. Hoje estou meio ¨aposentado¨. Gosto de caça submarina, porém já faz algum tempo que não pratico. Tenho todo o material em Tamandaré. Fiz curso de mergulho no Clube Náutico e meu ¨batismo¨ foi em um navio afundado na costa,na profunidade de 32 metros! Quando vamos para profunidade maiores, temos de obedecer a uma tabela especial para subir a superfície e descompressão.
    Gostei das fotos, acho que o fundo do mar está entre as maravilhas da Terra. Tenho algumas fitas de Jaques Coustau.
    Vou mandar algumas fotos de João, já que não tenho fotos do mar.

    • Tio, que maravilha! Então, você é um mergulhador super experiente. Como eu disse no texto, nem sei se teria coragem de mergulhar a mais de quinze metros, quanto mais 30! Se bem que se a gente vai indo, termina criando coragem. Depois quero saber tudo o que você viu (de bichos). Que batismo é esse?? 32 metros já pra começar?! Beijos grandes e obrigada pela leitura.

  2. Só no Brasil mesmo para ter acompanhante. Eu também quero um! Mas que maravilha! Iremos para o Mar Vermelho em outubro, para o Egito. Lá é muito bom de mergulhar, mas acho que nao vai dar para a gente, com duas criancas… Mas já comprei um snorkel para a minha filha que terá seis anos, já é o comeco para ela. Deve ser ma-ra-vi-lho-so mesmo mergulhar.

    • A Nina é uma menina privilegiada mesmo!
      Fazer o primeiro mergulho da vida dela
      em águas históricas! Snorkel também é
      fantástico, foi como fiz até este
      primeiro mergulho com cilindro. Vocês
      vão revezando, não desperdice esta
      oportunidade. Bjs!

  3. Mari,
    Eu tambem nunca tive coragem de mergulhar de escafandro. Quem sabe agora, depois de ler sobre essa sua aventura maravilhosa eu tome coragem….
    Adorei!!

    • Pois é, Cristina e Suza, a coragem tem que vir de repente. Incrível como a conversa mole do tal Felipe me ajudou a enfrentar o meu. Suza, aventure-se você também! Lugar não falta aí por perto. Walter, onde você está morando? Em Maceió? Muito obrigada pelo elogio ao texto, tem ainda mais valor vindo de um professor de filosofia!

  4. É Mari,
    o mundo é cheio de surpresas igual a vida. Quando voce menos espera, o medo desaparece e surge a coragem e que bom que sua coragem foi encontrada nas aguas brasileiras e ainda jovem.
    Parabéns pelo mergulho.
    Bjs

  5. Mariana,

    As fotos são lindas, mas sua narrativa é muito, mas muito melhor. Parabéns. Eu, que estou pertinho de Maragogi, fiquei até com saudades do lugar.
    Abraços,

Deixe um comentário